Maria Rejeitadinha e Outros Poemas (2011)

 

Livro de estreia de Alana, Maria Rejeitadinha e Outros Poemas apresenta ao público uma personagem que condensa amores, críticas sociais e pautas políticas minoritárias. Dentre os poemas contidos na obra, destaque para Eu explico, finalista do FestCampos e vencedor do concurso do site do poeta Ulisses Tavares. Maria Rejeitadinha e Outros Poemas foi lançado na Livraria Escariz, em Aracaju (SE), no ano de 2011. Em 2012, foi lançado, também, no tradicional Encontro Cultural de Laranjeiras.

Maria Rejeitadinha e Outros Poemas

Foto: Mário Sousa | Capa: Verena Sousa.

Sangue, suor e palavras mal dormidas (2012)

 

É uma antologia de contos fruto de uma premiação realizada pela Big Time Editora. Alana foi premiada com a publicação do conto "Ela esqueceu".

CAPA BIG TIME V3.JPG
Sob Encomenda: Contos (2015)

 

Agora trabalhando com a prosa, os contos do Sob Encomenda trazem uma peculiaridade: foram escritos em coautoria. Alana pediu que o público pedisse histórias que gostaria de ver contadas, escolhendo personagens e conflito da ficção. O resultado foi surpreendente: o público mostrou-se sedento por representatividade em diversos temas: velhice, marginalização feminina, homofobia, além de não faltar uma pitada de sonhos românticos e histórias de amor emocionantes.

WhatsApp Image 2018-07-06 at 21.16.09.jpeg

Capa: Rubens Luiz.

Poesia Imperativa (2018)

 

O livro, que conta com duas poesias premiadas em concursos literários nacionais, é preenchido por versos que se colocam à disposição de quem pretende, com a poesia, refletir sobre um cenário injusto para boa parte da humanidade, especialmente, para as mulheres. Pode-se ver, em Poesia Imperativa, uma visão inquieta acerca da sociedade que ferve em injustiças. Simultaneamente, é uma obra que passeia, íntima, pelas mazelas humanas mais essenciais.

Mockup 1.jpg

Capa: Aline Fortunato.